Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Especialistas em doenças infeciosas discutem no Porto futuro da dengue

Lusa

  • 333

Porto, 11 dez (Lusa) -- O futuro da dengue e o impacto da crise económica no fenómeno das infeções emergentes vão ser discutidos na quarta e na quinta-feira num congresso que reunirá cerca de 500 especialistas nacionais em doenças infeciosas.

Em declarações à Lusa, o presidente da Sociedade Portuguesa de Doenças Infeciosas e Microbiologia Clínica (SPDIMC), António Sarmento, salientou "o impacto da crise económica" pelos efeitos que pode vir a ter na saúde curativa e preventiva.

"Quanto mais empobrecermos, menos meios teremos para prevenir e tratar e, portanto, maior é o risco para a saúde", disse o especialista, que se escusou a falar dos efeitos dos cortes orçamentais na saúde em Portugal.