Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Especialistas antecipam pressão sobre ativos portugueses a curto prazo

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 jul (Lusa) -- Especialistas consideram que o repto do Presidente da República ao PSD, PS e CDS para assumirem um "compromisso de salvação nacional" lança mais incerteza nos mercados a curto prazo, mas, caso avance, poderá dar bons frutos no médio prazo.

"A curto prazo, a intervenção do Presidente da República [Cavaco Silva] vem juntar mais incerteza à incerteza que já havia", disse hoje à agência Lusa Diogo Santos Teixeira, diretor geral da Optimize Investment Partners.

Mas, acrescentou, a médio prazo, "se os partidos políticos tiverem responsabilidade política e derem algumas garantias aos investidores sobre o que vai acontecer após junho de 2014, criando um 'bloco central',essa será a solução dourada".