Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Especialistas afastam hipótese de envenenamento de poeta chileno Pablo Neruda

Lusa

  • 333

Santiago do Chile, 08 nov (Lusa) -- Um grupo de especialistas rejeitou hoje a hipótese de envenenamento do poeta e prémio Nobel chileno Pablo Neruda, indicando que os testes forenses confirmaram que a causa da sua morte foi um cancro da próstata.

"Não encontrámos elementos químicos significativos que possam estar ligados à morte de Pablo Neruda", disse Patrício Bustos, diretor do Serviço de Medicina Legal do Chile, ao apresentar as conclusões de uma análise bioquímica a amostras ósseas do poeta, morto em 1973 alguns dias depois do golpe de Estado no país.

"Diversas técnicas confirmaram a presença de metástases em vários segmentos do esqueleto, o que está de acordo com a doença a que Pablo Neruda era tratado", adiantou Bustos durante uma conferência de imprensa.