Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanha: Maquinista admite que viajava a 190 km/h em zona limitada a 80

Lusa

  • 333

Madrid, 25 jul (Lusa) - Um dos maquinistas do comboio que descarrilou em Santiago de Compostela reconheceu que viajava a cerca de 190 quilómetros/hora numa zona limitada a 80, informaram fontes da investigação citadas pela agência Efe.

Depois do acidente, que fez pelo menos 77 mortos, o condutor disse numa comunicação por rádio que ia a uma velocidade muito superior àquela que era permitida na curva onde ocorreu o desastre.

"Descarrilei, o que vou fazer, o que vou fazer", terá dito um dos maquinistas na conversa por rádio.