Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanha: Bruxelas desvaloriza corte da notação e aumento dos juros da dívida

Lusa

  • 333

Bruxelas, 14 jun (Lusa) -- A Comissão Europeia desvalorizou hoje o corte da notação e a subida dos juros da dívida soberana de Espanha, reafirmando-se convicta de que Madrid está a tomar as medidas apropriadas para reconquistar "gradualmente" a confiança dos mercados.

Questionado sobre se o corte da notação da dívida espanhola decidido na véspera pela agência norte-americana Moddy's (A3 para Baa3), e o facto de os juros da dívida se terem aproximado, também na terça-feira, da "barreira psicológica" dos 7 por cento, o porta-voz dos Assuntos Económicos lembrou que não é prática de Bruxelas comentar as decisões das agências de notação, preferindo sublinhar que "as autoridades espanholas, com o apoio dos seus parceiros da zona euro e da União Europeia, assim como das instituições, estão a enfrentar a crise em todas as frentes com determinação".

Amadeu Altafaj Tardio recordou as reformas estruturais que estão a ser levadas a cabo no país, assim como as respostas na frente financeira, destacando a decisão anunciada no passado sábado por Madrid, e que teve o "apoio imediato" dos seus parceiros da zona euro, de pedir uma linha de crédito para a reestruturação e recapitalização da banca, até 100 mil milhões de euros.