Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanha: Antecipação do pedido de ajuda fez juros da dívida descerem pela primeira vez desde janeiro

Lusa

  • 333

Madrid, 09 jun (Lusa) - Os títulos de dívida soberana espanhola tiveram a sua primeira semana de ganhos num mês devido à convicção do mercado de que o primeiro-ministro, Mariano Rajoy, vai conseguir um acordo com os líderes europeus para ajudar a banca.

A diferença na taxa de juro exigida pelos investidores para negociarem títulos de dívida espanhóis face aos alemães teve a maior queda desde janeiro, numa semana marcada pelo sucesso no leilão de dívida de quinta-feira, no qual o Tesouro conseguiu exceder o limite de 2 mil milhões proposto, depois do objetivo inicial de 2,5 mil milhões ter sido revisto.

O diferencial face aos títulos alemães, considerados a referência na zona euro, caiu 31 pontos-base, ou 0,31 pontos percentuais, esta semana, para 6,22 por cento, a maior queda desde a semana que terminou a 27 de janeiro, assinala a agência financeira Bloomberg, que atribui esta melhoria à convicção dos mercados de que a ajuda financeira a Espanha está para breve.