Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanha: Alegado terrorista da Al-Qaida fica em prisão preventiva

Lusa

  • 333

Madrid, 03 ago (Lusa) -- A justiça espanhola decidiu hoje colocar em prisão preventiva o alegado terrorista da Al-Qaida Cengiz Yalcin e prolongar a detenção de outros dois suspeitos.

De origem turca, Cengiz Yalcin será mantido preso, por posse de substâncias e aparelhos explosivos para finalidades terroristas, decidiu um juiz da Audiência Nacional, a mais alta instância judicial espanhola.

Segundo fontes judiciais citadas pela agência EFE, o magistrado decidiu esta tarde aceitar o pedido do Ministério Público, que reclamou a aplicação daquela medida cautelar, depois de ter acusado Yalcin de pertencer a organização terrorista.