Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Esgotadas possibilidades de Isaltino Morais recorrer para Tribunal da Relação e Supremo

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 mar (Lusa) - O Tribunal da Relação de Lisboa rejeitou a reclamação apresentada pelo presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, condenado a dois anos de prisão, diligência que esgotou os recursos para aquele tribunal e para o Supremo.

Fonte da Relação disse à agência Lusa que "não mereceu atendimento" a pretensão de Isaltino Morais "em invocar nulidades de acórdão" daquele tribunal, de 29 de janeiro, relacionado com a prescrição de crimes de fraude fiscal alegadamente cometidos pelo autarca em 2000 e 2001.

"Isaltino Morais já não tem mais possibilidades de recorrer para a Relação e para o Supremo Tribunal de Justiça", disse a mesma fonte.