Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Escolas/TEIP: Diretores de 17 agrupamentos negam irregularidades na colocação de professores

Lusa

  • 333

Lisboa, 31 out (Lusa) - Diretores de 17 agrupamentos escolares, de norte a sul do país, enviaram uma exposição ao ministro da Educação, Nuno Crato, a negar as irregularidades que a tutela alega para a anulação dos contratos de colocação de professores.

O documento, a que a agência Lusa teve hoje acesso, subscrito pelos 17 responsáveis, após uma reunião em Lisboa na segunda-feira, esclarece que todo o processo de contratação de docentes nas escolas TEIP (Territórios Educativos de Intervenção Prioritária) decorreu com "seriedade" e "isenção" e garantiu o princípio de "transparência e igualdade de tratamento do universo de candidatos".

A 15 de outubro a tutela anunciou que, nos casos em que a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) identificou irregularidades nas contratações das escolas TEIP, foi determinada a anulação dos respetivos procedimentos concursais.