Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Escolas não têm razões para se preocupar com exames do 4.º ano - CONFAP

Lusa

  • 333

Porto, 11 fev (Lusa) -- O presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP) considerou hoje que as escolas do 1.º ciclo "não têm razões de maior para se preocuparem com os exames do 4.ºano".

Os exames de português e de matemática do 4.º ano, marcados para os dias 07 e 10 de maio, respetivamente, "vão coincidir com as provas de aferição [realizadas em anos anteriores], o que significa que as escolas não têm agora razões de maior para se preocuparem", afirmou, em declarações à Lusa, Albino Almeida.

Para o responsável pela CONFAP, que esteve reunido esta manhã, durante cerca de duas horas, com o secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, João Grancho, no Porto, estes exames "terão um caráter mais importante, mas no fundo serão apenas uma prova de aferição mais cuidada".