Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Erros passados e presentes conduziram a "esta degradante situação" do país -- Rio

Lusa

  • 333

Porto, 24 abr (Lusa) - O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, considerou hoje que "são os erros políticos, passados e presentes", que conduziram Portugal "a esta degradante situação", criticando "a escassez de bom senso, racionalidade e competência técnica na gestão do quotidiano".

Rui Rio discursava durante a sessão solene das comemorações do 25 de Abril, cerimónia na qual foram entregues as medalhas da cidade, considerando que "se não houver a capacidade de os verdadeiros democratas se entenderem, no sentido de consensualizarem reformas necessárias à credibilização e capacitação da política, o que no futuro nos espera não poderá ser nada de bom nem de positivo".

"São erros políticos, passados e presentes, que nos conduziram a esta degradante situação. Se, no passado, os erros nos levaram, à acumulação de permanente e avultados défices externos e a um nível de endividamento e de falta de transparência nas contas públicas que hoje nos atirou para este empobrecimento coletivo, no presente, também não deixa de haver erros que tornam ainda mais difícil o que, manifestamente, nada tem de fácil", criticou.