Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Equipa do FMI e do Banco Mundial está em Portugal para "tornar o Estado mais eficiente" - Carlos Moedas

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 nov (Lusa) - A equipa de técnicos do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial que está em Portugal para identificar cortes na despesa pública visa "tornar o Estado mais eficiente", disse hoje Carlos Moedas, secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro.

"[A equipa] vem comparar a máquina do Estado português com a máquina de outros países em que estes técnicos têm experiencia", afirmou Moedas, que acompanha o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, durante uma audiência na comissão parlamentar de acompanhamento ao programa de assistência a Portugal. "O exercício [a que a missão se propõe] é olhar para o nosso Estado para o tornar mais eficiente."

Antes, o deputado social-democrata Pedro Pinto perguntara a Gaspar pela missão de técnicos do FMI e do Banco Mundial que está em Portugal para colaborar num plano de cortes na despesa pública de 4.000 milhões de euros.