Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Equipa de voluntários há um ano a dar comida quente a sem-abrigo de Viseu

Lusa

  • 333

Viseu, 10 jun (Lusa) -- Equipas de voluntários dedicam muito do seu tempo a "aconchegar o estômago" e a "distribuir alguma esperança" a sem-abrigo de Viseu que, um ano depois do início do projeto "Colher de Esperança", aumentaram de 11 para 40.

"Em junho de 2012 iniciámos uma atividade de apoio social aos sem-abrigo, tendo servido 11 refeições logo na primeira saída. Atualmente, este número está perto de 40 e só não é maior porque fazemos um levantamento criterioso do que é um sem-abrigo", revelou Diana Costeira do grupo "Colher de Esperança".

Ao todo, são nove as equipas, constituídas por seis ou oito pessoas, que todos os sábados e domingos do último ano têm saído às ruas de Viseu para distribuir um "kit" de comida quente a quem nada, ou quase nada, tem.