Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Equilíbrio entre captura e recursos e avaliação de capacidade de pesca são positivos na política comum - Ambientalistas

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 fev (Lusa) - Organizações ambientalistas listaram vários pontos positivos na reforma da Política Comum de Pescas (PCP), como as metas de equilíbrio entre capturas e recursos, e o pedido aos governos para avaliarem a capacidade de pesca.

A Plataforma de Organizações não Governamentais Portuguesas sobre Pesca (PONG Pesca) considera, no entanto, que tem de haver mais investigação sobre os recursos, defende a definição entre pesca industrial e artesanal e tem dúvidas sobre as regras propostas para as rejeições - devolução ao mar de peixe capturado além das quotas atribuídas ou com dimensão abaixo do permitido.