Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Equador concede salvo-conduto a Edward Snowden -- TV

Lusa

  • 333

Washington, 27 jun (Lusa) -- O Equador concedeu um salvo-conduto ao ex-técnico da CIA Edward Snowden, que permanece retido há dias no aeroporto de Moscovo, para que possa viajar para Quito, revelou hoje o canal norte-americano de televisão em língua espanhola Univisión.

O documento, ao qual teve acesso exclusivo o canal, datado de 22 de junho, conta com a assinatura do diplomata equatoriano na capital britânica, Fidel Narváez, o mesmo que tem sob cuidado, há já um ano, o fundador do portal WikiLeaks, Julian Assange.

O salvo-conduto pode ser apresentado por Snowden, acusado de espionagem pelos Estados Unidos, junto das autoridades russas, solicitando-se o seu trânsito para o Equador a pedido de Quito.