Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EPAL propôs ao Governo tarifa social para cortar 50% na conta da água dos lisboetas

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 mar (Lusa) - A EPAL propôs ao Governo a criação de uma tarifa social de água para a cidade de Lisboa que irá permitir a milhares de famílias carenciadas poupar 50% na conta da água, revelou hoje o presidente da empresa.

De acordo com José Sardinha, a tarifa social foi incluída na proposta tarifária para este ano que a Empresa Pública de Águas Livres (EPAL) entregou ao Governo e segue as recomendações da entidade reguladora do setor (ERSAR), que prevê para as tarifas sociais a isenção da quota de serviço e a extensão do preço da água do primeiro escalão, o mais económico, ao segundo escalão, que termina em 15 metros cúbicos (m3).

As famílias com tarifa económica que gastem mais do que 15 m3 pagam o primeiro e segundo escalões a preços económicos, mas pagam os escalões seguintes ao preço normal.