Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EPAL define medidas para enfrentar anos de seca extrema

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 jul (Lusa) - A EPAL apresentou hoje um estudo de adaptação às alterações climáticas que defende, por exemplo, que a empresa deve definir com a EDP as regras de utilização da água da Barragem de Castelo do Bode, para casos de seca.

As conclusões do estudo para aplicação do projeto ADAPTACLIMA-EPAL foram hoje apresentadas numa conferência no Museu da Água, em Lisboa.

O estudo avaliou as fragilidades da Empresa Pública de Águas Livres (EPAL) em caso de alterações climáticas e quais as medidas a adotar para minimizar os seus efeitos, tendo em conta que o Sul da Europa é apontado como uma das zonas mais atingidas por estas mudanças nos próximos anos, com previsão de mais fenómenos extremos, de períodos de calor e de seca prolongada, o que dificultará a obtenção dos recursos hídricos.