Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Enviado da ONU espera papel ativo da China para resolução do conflito na Síria

Lusa

  • 333

Pequim, 31 out (Lusa) -- O mediador internacional Lakhdar Brahimi declarou hoje em Pequim que espera que a China tenha um papel ativo na resolução do conflito na Síria, onde se tem verificado um ressurgimento da violência, nomeadamente na capital.

Depois de ter estado em Moscovo, o enviado especial da ONU e Liga Árabe à Síria encontra-se em Pequim, que há 19 meses se recusa a responder aos apelos internacionais e pressionar o regime do Presidente sírio, Bachar al-Assad.

Brahimi foi recebido na capital chinesa pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Yang Jiechi, que saudou os seus esforços face à espiral de violência neste país, e ao cumprimentá-lo em frente aos jornalistas disse esperar que a "China possa desempenhar um papel ativo na resolução da situação na Síria".