Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ensino: Estudantes de engenharia e arquitetura são os que mais pensam em emigrar - Estudo

Lusa

  • 333

Porto, 14 ago (Lusa) -- Os estudantes universitários de Engenharia, Tecnologias, Arquitetura e Artes são os que revelam maior tendência para a emigração e os destinos preferenciais são países da Europa e da América do Sul, revela um estudo.

Os inquéritos realizados a 1.751 universitários, entre 14 de maio e 16 de junho, indicam que "69 por cento" dos alunos têm intenções de emigrar "em busca de melhores condições laborais" e que a prevalência dessas intenções se concentra em "jovens das áreas de Engenharia e Tecnologias e Arquitetura e Artes", cujas médias são "na ordem dos 13 e 14 valores".

"A maioria dos inquiridos afirma ter intenções de emigrar para um qualquer outro país europeu", lê-se no estudo a que a agência Lusa teve acesso, onde se acrescenta que a a América do Sul surge também com um "forte pendor para uma escolha particular, designadamente o Brasil".