Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Enquanto não pagarmos a dívida não há crescimento" -- Soares dos Santos

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 mai (Lusa) -- O presidente da Jerónimo Martins, Soares dos Santos, considerou hoje que só será possível a Portugal regressar ao crescimento económico quando pagar a sua elevada dívida, lançando críticas à atuação dos governantes.

"Enquanto não pagarmos as nossas dívidas não há crescimento", disse aos jornalistas o gestor, à margem da apresentação em Lisboa do LIDE Futuro, uma iniciativa virada para preparar as gerações mais novas para um mundo cada vez mais global e competitivo.

"Temos que criar condições para o investimento", assinalou, sublinhando que "em 1974 destruíram todo o tecido industrial português", o que se traduziu na perda de gestores competentes e de capital.