Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Energia: Quercus aprova meta para eficiência nos edifícios, mas quer mais rigor nos dados

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 jul (Lusa) - A Quercus concorda com o aumento da eficiência energética nos edifícios públicos em 30% até 2020, previsto no plano nacional, mas alerta para mais rigor na análise dos dados da evolução do consumo de energia.

O Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética (PNAEE) e o Plano Nacional de Ação para as Energias Renováveis (PNAER) estiveram em consulta pública até 30 de junho e a associação ambientalista entregou os seus contributos para a revisão destes instrumentos da política do setor da energia.

No passado, "verificámos que, na monitorização destes planos, se ampliava muito os dados e um dos nossos alertas é que sejamos muito rigorosos" em não confundir "o que é a redução do consumo devido à crise, daquilo que resulta das medidas da eficiência energética", disse à Lusa Francisco Ferreira, o vice-presidente da Quercus.