Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Energia: "Não é preciso meter cunhas para se trabalhar com a Galp" - Ferreira de Oliveira

Lusa

  • 333

Lisboa, 5 jun (Lusa) - O presidente executivo da Galp convidou hoje cerca de 300 Pequenas e Médias Empresas (PME), a serem fornecedoras da petrolífera, afirmando que é uma empresa aberta e que "não é preciso meter cunhas para trabalhar".

Manuel Ferreira de Oliveira,- que falava no evento Dia Galp, uma iniciativa promovida pela petrolífera, AICEP e Cotec que pretende aproximar a empresa dos seus fornecedores -, disse que a Galp "tem cerca de 2.400 fornecedores regulares numa plataforma de mais de 30 mil empresas".

Segundo a empresa, o volume global de compras da Galp em 2011 foi de 950 milhões de euros, "dos quais cerca de 500 milhões foram contratos a empresas portuguesas".