Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Endesa espera subidas maiores no gás e eletricidade em 2013 para potenciar concorrência

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 jan (Lusa) -- A Endesa, empresa que atua no mercado livre de energia, defende que o aumento da eletricidade e do gás para o primeiro trimestre de 2013 não estimula a concorrência, fazendo depender a evolução do mercado liberalizado das próximas atualizações tarifárias.

O presidente da Endesa Portugal, Nuno Ribeiro da Silva, disse à Lusa que o ajustamento das tarifas transitórias para os clientes domésticos, definido para o primeiro trimestre, "não é estimulante para criar um mercado vivo em termos de agressividade dos comercializadores".

"Tudo vai depender dos ajustamentos que vão ocorrer a partir de agora trimestralmente e que efetivamente tornem a tarifa regulada dissuasória para as pessoas irem procurar ofertas melhores em termos de preço e de serviço", afirmou Nuno Ribeiro da Silva.