Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Encomendas à construção caem para mínimo histórico desde janeiro de 1989

Lusa

  • 333

Lisboa, 02 ago (Lusa) -- A carteira de encomendas das empresas de construção manteve-se em queda até maio deste ano, atingindo um mínimos histórico desde janeiro de 1989, divulgou hoje a Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas (FEPICOP).

De acordo com a análise de conjuntura da FEPICOP relativa ao mês de maio, o valor registado, 5,3 meses de produção assegurada por encomendas, "é mesmo o mínimo de toda a série do inquérito mensal à atividade promovido junto dos empresários da construção e cujo início remonta a janeiro de 1989".

A FEPICOP refere que "a redução continuada da procura tem sido uma das responsáveis pela grave crise vivida pelo setor, a qual se tem traduzido num avolumar das insolvências de empresas de construção".