Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Encerramento de delegações da Lusa exigia parecer da Comissão de Trabalhadores

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 dez (Lusa) -- O encerramento das delegações da agência Lusa de Coimbra, Évora e Faro, só deveria ter ocorrido depois de um parecer da Comissão de Trabalhadores (CT) da agência, revelou hoje o Sindicato dos Jornalistas (SJ).

Em comunicado, o SJ revela que a ACT analisou "o procedimento conducente ao encerramento do estabelecimento (a delegação da Lusa em Coimbra) e suas consequências ao nível da situação profissional a ele adstritos, sancionando-se a falta de consulta da Comissão de Trabalhadores, quer em relação ao próprio encerramento, quer às alterações ao nível da organização do trabalho".

A confirmação consta de uma informação prestada ao sindicato pelo Centro Local do Mondego da ACT, na sequência de um pedido de intervenção feito por esta estrutura, que discordou do encerramento das delegações da Agência Lusa em Coimbra, Évora e Faro.