Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresas alemãs 'congelam' investimentos perante crise europeia

Lusa

  • 333

Berlim, 19 nov (Lusa) - As empresas alemãs 'congelaram' os seus planos de investimento e contratação porque esperam um ano "economicamente débil" em 2013, segundo o resultado de um inquérito divulgado hoje pelo Instituto de Economia (IW) de Colónia.

O questionário, feito a cerca de 2.300 empresas alemãs, revela que 28% esperam que os seus negócios piorem no próximo ano, enquanto que só 24% conta com um aumento da produção.

A deterioriação das perspetivas de produção e exportação faz com que só 19% das empresas consultadas na parte ocidente do país contem aumentar o número de empregados no próximo ano, enquanto que 28% calcula que deverão cortar postos de trabalho.