Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresários do Interior pedem fim de portagens, depois de Governo recuar em novos pórticos no Norte

Lusa

  • 333

Covilhã, 28 jan (Lusa) - O movimento Empresários pela Subsistência do Interior voltou hoje a pedir o fim das portagens nas autoestradas que servem algumas das regiões mais deprimidas do país, depois de o Governo ter recuado na instalação de 14 novos pórticos no Norte.

"Bastou uma reunião com autarcas e deputados do PSD do Norte do país para o secretário de Estado dos Transportes e das Obras Públicas recuar na instalação dos 14 pórticos previstos", refere o movimento, num comunicado em que acusa o Governo de "discriminar negativamente" o Interior Centro.

Apesar de dizerem que se "congratulam" com a decisão, pedem também o recuo na cobrança nas autoestradas da Beira Interior (A23, Torres Novas - Guarda), das Beiras Litoral e Alta (A25, Aveiro - Vilar Formoso) e do Interior Norte (A24, Viseu - Chaves).