Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresários de diversão desmobilizam após "reunião muito produtiva" nas Finanças - APED

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 nov (Lusa) -- Os empresários das atividades de diversão, que desde quarta-feira se manifestavam em Lisboa contra o aumento do IVA de 6 para 23%, desmobilizaram há momentos após uma "reunião muito produtiva" com uma adjunta do ministro das Finanças.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Associação Portuguesa de Empresas de Diversão (APED), Luís Paulo Fernandes, alertou, contudo, que "ou nas próximas semanas, antes do final do ano, há novidades ou haverá muitas manifestações".

Segundo Luís Paulo Fernandes, "a adjunta do gabinete do ministro Vítor Gaspar soube falar, conversar e procurar saber politicamente o que é o setor": "A reunião foi muito produtiva, deu-nos a esperança necessária para acreditarmos que vão perceber o que se passou com o aumento de IVA de 6 para 23%. Não nos disse que ia baixar [o IVA], mas disse-nos que tem que estudar o nosso caso", sustentou.