Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresários da diversão ameaçam com 13 dias de protestos em Fafe "em nome da lei"

Lusa

  • 333

Fafe, 07 mai (Lusa) -- Os empresários da diversão vão começar na quarta-feira um protesto em Fafe, que durará até 20 de maio, contra o alegado incumprimento da lei por parte da organização das Feiras Francas daquela cidade, foi hoje anunciado.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Associação Portuguesa de Empresas de Diversão (APED), Luís Paulo Fernandes, disse que o protesto incluirá manifestações e desfiles diários de camiões e explicou que em causa está o facto de a organização da feira "obrigar" a que cada empresário do setor se assuma como "promotor" do evento, pedindo o respetivo licenciamento.

"Mas nós não o podemos fazer porque é a própria lei que não o permite. Acha admissível que alguém, só porque não quer assumir as responsabilidades que lhe cabem, nos queira obrigar a violar a lei para podermos trabalhar?", questionou.