Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresários afirmam que comboio Porto/Vigo sem paragem em Viana é inviável

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 08 jul (Lusa) - Os empresários de Viana do Castelo afirmam que o novo comboio direto entre Porto e Vigo (Espanha) não será viável sem uma paragem intermédia naquela cidade, alerta que já fizeram chegar ao Ministério da Economia e do Emprego.

Numa nota enviada ao ministro Álvaro Santos Pereira, a que a Lusa teve hoje acesso, a direção da Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC) afirma que uma ligação sem esta paragem, tal como já acontece desde 02 de julho, "afastará utilizadores e inviabilizará comercialmente a operação".

Os empresários acrescentam que a reclamada paragem em Viana do Castelo "não demorará mais de quatro minutos", tendo em conta o limite de 30 quilómetros por hora no atravessamento da ponte Eiffel e daquela cidade. Por se tratar de uma linha única, entre Nine/Viana do Castelo/Valença, acrescentam, "será praticamente impossível planear uma ligação, regular e diária, sem paragem intermédia".