Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresário de franchising da marca CR7 apresenta queixa por falsificação de roupa

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 jan (Lusa) -- O gerente da loja franchising da marca CR7 no Luxemburgo avançou para tribunal com uma queixa contra as irmãs do jogador Cristiano Ronaldo por falsificação de roupa e incumprimentos no contrato, que diz terem causado prejuízos de um milhão de euros.

A loja, que abriu há cinco meses em Esch-sur-Alzette, no Luxemburgo, nasceu da paixão que Albano Maris tem pelo futebol e da admiração que tinha pelo jogador da Seleção Nacional e do Real Madrid.

Além disso, também tinha "um potencial enorme" devido à grande comunidade portuguesa que reside naquele país, disse hoje à agência Lusa o gerente da loja.