Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresário angolano António Mosquito deve ficar com dois terços da Soares da Costa

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 ago (Lusa) - O empresário angolano António Mosquito deverá ficar com dois terços do capital da Soares da Costa Construção, através de uma operação de aumento de capital de 70 milhões de euros, que depende ainda de autorizações.

Em comunicado hoje enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Soares da Costa informa que acordou com o empresário a operação de capitalização desta subsidiária, que concentra a atividade principal do grupo, uma proposta que vai ainda ser submetida à apreciação do conselho de administração.

A operação implica um aumento de capital na Soares da Costa Construção, no valor de 70 milhões de euros, a subscrever e realizar integralmente em dinheiro por António Mosquito, que "passará a deter 66,7% do capital da Soares da Costa Construção e a Grupo Soares da Costa os restantes 33,3%", lê-se na nota.