Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresária do Douro usa trapos e folhas de videira para fazer papel

Lusa

  • 333

Alijó, 05 mar (Lusa) -- Uma empresária do Douro está a apostar no fabrico artesanal de papel, reciclando desperdícios têxteis onde incorpora materiais como folhas de videira, fetos ou alfazema, e o resultado é um produto feito à medida do cliente.

Ana Sofia Gomes, 35 anos, era gestora de uma empresa. Apesar da crise instalada no país não teve medo de desistir do emprego e de se lançar na concretização do seu próprio projeto.

Foi assim que nasceu a Papel D'ouro, empresa instalada na zona industrial de Alijó, e é assim também que do "trapo se faz papel".