Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresa estatal de comunicações da Guiné-Bissau pode fechar, alerta sindicato

Lusa

  • 333

Bissau, 03 mai (Lusa) - A empresa da Guiné Telecom/Guiné Tel, do Estado da Guiné-Bissau, tornou-se inviável e pode fechar em breve se o governo não tomar medidas, alertou hoje o sindicato da empresa.

Em conferência de imprensa, o presidente do sindicato, David Mingo, afirmou que os funcionários estão preocupados com a "situação difícil da empresa" e sem entender por que razão "o governo lhes virou as costas".

O responsável lembrou que o governo anterior ao golpe de Estado de 12 de abril tinha negociado um fundo (mais de 10 milhões de euros) com o Banco Oeste Africano de Desenvolvimento (BOAD) para fazer o saneamento e valorização da empresa para depois a privatizar.