Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresa de telecomunicações avança para a insolvência e deixa 22 sem trabalho

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 19 mar (Lusa) - Uma empresa de telecomunicações de Viana do Castelo vai avançar com um pedido de insolvência, lançando 22 pessoas no desemprego, revelaram hoje os próprios trabalhadores, concentrados junto às instalações.

Embora sem prestarem declarações oficialmente, alguns dos trabalhadores que se juntaram, pelas 08:00 de hoje, junto ao armazém principal da MIBTEL (Metalúrgica Irmãos Borlido), em Perre, Viana do Castelo, confirmaram à agência Lusa que a administração comunicou que dará entrada com o pedido de insolvência esta quarta-feira.

Essa informação foi transmitida na segunda-feira aos 22 trabalhadores da empresa, que, além das indemnizações, reivindicam o pagamento do salário de fevereiro e o subsídio de férias.