Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresa de cortiça altera nome e procura novos funcionários enquanto despede - sindicato

Lusa

  • 333

Redação, 13 mar (Lusa) -- O presidente do Sindicato dos Operários Corticeiros do Norte, Alírio Martins, disse hoje à Lusa que a empresa Moisés Lima mudou de nome e estaria a tentar fazer um despedimento enquanto procurava novos trabalhadores.

Sediada em Lourosa, no concelho de Santa Maria da Feira, a fábrica "mudou de nome da noite para o dia", disse Alírio Martins, e estaria a avançar para um "despedimento, quando, na verdade, estava a candidatar-se ao Instituto do Emprego e Formação Profissional para novos empregados no ramo da cortiça".

Segundo o presidente do sindicato, a empresa está a ser controlada de perto pela Autoridade para as Condições do Trabalho local, acusando a Moisés Lima, Cortiças Lda. de ter já tentado um 'lay-off' no verão passado, que "nunca existiu".