Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresa chinesa quer construir o mais alto arranha-céus do mundo em nove meses

Lusa

  • 333

Pequim, 30 nov (Lusa) - Uma empresa imobiliária chinesa tenciona construir o mais alto arranha-céus do mundo, com 220 andares, em apenas nove meses, anunciou hoje o jornal China Daily.

"Há partes do edifício que serão prefabricadas e montadas no local", disse um técnico da empresa explicando a rapidez da obra.

O edifício, projetado para Changsha, capital da província de Hunan, sul da China, terá 838 metros de altura, mais 20 metros que o atual arranha-céus mais alto do mundo, o Burj Khallifa, inaugurado há cerca de três anos no Dubai.