Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Emprego: Número de trabalhadores em risco de despedimento coletivo mais do que duplica até maio

Lusa

  • 333

Lisboa, 02 jun (Lusa) -- O número de trabalhadores em risco de despedimento coletivo mais do que duplicou até maio deste ano, face aos primeiros cinco meses de 2011, com perto de 500 empresas a iniciar este tipo de processos em Portugal continental.

Segundo os dados publicados pela Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT), em comparação com os primeiros cinco meses do ano passado, o número de trabalhadores que as empresas tencionam despedir nos próximos meses ao abrigo de processos de despedimento coletivo disparou 118 por cento até maio, para 4.749 pessoas.

O número de empresas que apresentou junto do Ministério da Economia e Emprego um pedido inicial para realizar despedimentos coletivos disparou, por sua vez, num ano, 88 por cento, passando das 256 para as 482 até maio deste ano.