Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Emissão de dívida é "1.º passo para inversão da situação difícil" de Portugal - pres. BESI

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 jan (Lusa) -- O presidente do BES Investimento (BESI), o banco português que hoje esteve envolvido na emissão de dívida, considera que esta operação vai marcar a "inversão da situação difícil" em que os portugueses vivem, apesar de os sacrifícios irem continuar.

"Os sacrifícios dos portugueses continuam mas, se o posso dizer, este é o primeiro passo para a inversão da situação tão difícil que o povo português tem passado, pela inversão do crescimento do desemprego, pela retoma da economia e da saída da 'troika' do nosso país", afirmou José Maria Ricciardi em declarações à Lusa.

O BESI foi o único banco português do sindicato bancário que hoje realizou uma emissão de dívida a cinco anos, em que colocou 2,5 mil milhões de euros a uma taxa abaixo dos 5%. A procura terá sido de 12 mil milhões de euros, quase cinco vezes mais do que a oferta, disseram à Lusa fontes de mercado.