Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Emigrantes qualificados deixam Portugal para "deixarem de ser jovens" - estudo

Lusa

  • 333

Porto, 07 out (Lusa) -- Os novos emigrantes portugueses em França são qualificados, abandonam Portugal para "deixarem de ser jovens", ter casa própria e constituir família, integram-se como "europeus" e para eles "Paris continua a ser uma festa".

A descrição desta "Geração Europa" foi feita à agência Lusa pelo sociólogo João Teixeira Lopes, professor da Universidade do Porto e autor do estudo "Novos emigrantes para França", cujas conclusões de 2013 vão ser apresentadas na quarta-feira no Colóquio "Imagem da (e)migração vs (e)migração em imagens", na Biblioteca Almeida Garrett, no Porto.

"Esta nova vaga é feminizada, qualificada, planeia [a viagem] e vai para França porque quer deixar de ser jovem. Estão fartos. Em Portugal só podem ser jovens, isto é, precários, intermitentes, constantemente adiando o futuro, permanecendo até muito tarde em casa dos pais, sem qualquer capacidade de constituírem família", descreve o professor, referindo-se ao estudo realizado para a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas sobre a recente vaga de emigração portuguesa para França.