Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Emigração tende a estagnar, apesar de aumentos pontuais para Angola, França e Suíça - José Cesário

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 jan (Lusa) - O secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, disse hoje que globalmente o número de emigrantes portugueses tenderá a estagnar nos próximos anos, apesar do crescimento pontual registado para destinos como Angola, França e Suíça.

"A tendência é para estagnar. Embora haja estes crescimentos pontuais, globalmente o crescimento já não será significativo ou já não existirá mesmo", disse José Cesário à agência Lusa, reafirmando a estimativa de que nos últimos anos terão saído de Portugal entre 100 a 120 mil portugueses anualmente.

Suíça, Angola e França são atualmente os principais destinos de emigração portuguesa, segundo José Cesário, que considera ainda digno de nota o crescimento da emigração registado para a Alemanha, Holanda, Itália ou Reino Unido.