Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Emigração: Governo dos Açores defende necessidade de aconselhamento adequado dos emigrantes antes da naturalização

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 06 jun (Lusa) -- O Governo dos Açores defendeu hoje a necessidade de os emigrantes açorianos receberem "aconselhamento" antes de avançarem para o processo de naturalização nos EUA e Canadá, alertando para a existência de "muitos casos" em que são enganados.

"É raro o deportado que chega aos Açores e não tenha uma história triste de dinheiro que levantou no banco ou que foi emprestado por familiares, de economias gastas para pagar a advogados que já sabiam à partida que aquele caso não tinha solução", afirmou Graça Castanho, diretora regional das Comunidades, em declarações aos jornalistas em Ponta Delgada.

Graça Castanho falava na cerimónia de assinatura de um memorando de entendimento com o Gabinete do Xerife de Bristol County, nos EUA, no quadro da cooperação que mantém há mais de uma década com o Governo dos Açores em várias áreas para facilitar a integração dos emigrantes que são deportados para o país de origem.