Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Embaixador de Israel insiste na necessidade do ensino do Holocausto em Portugal

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 out (Lusa) -- O embaixador de Israel em Lisboa, Ehud Gol, insistiu hoje na necessidade do ensino do Holocausto em Portugal, adiantando que o Museu do Holocausto em Jerusalém pode ajudar na formação de professores portugueses.

Num debate na conferência "Portugal e o Holocausto -- Aprender com o Passado, Ensinar para o Futuro", a decorrer em Lisboa, Ehud Gol considerou que "o ensino do Holocausto devia ser do interesse de Portugal" e referiu um acordo com Israel para formação de professores portugueses pelo Yad Vashem.

O diplomata assinalou que Portugal decretou luto oficial pela morte de Hitler e que existem "apenas dois portugueses" entre os premiados pelo Yad Vashem com o título de "Justos entre as nações" (não judeus que durante a II Guerra Mundial salvaram a vida de judeus perseguidos pelo regime nazi), para defender que o país necessita de conhecer melhor a sua história naquele período.