Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EMA e INEM negam atraso em concurso de meios áereos para incêndios florestais

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 fev (Lusa) - A Empresa de Meios Aéreos (EMA) e o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) negaram hoje atraso no concurso público internacional de aquisição de meios aéreos de combate a incêndios florestais para os próximos cinco anos.

Em comunicado conjunto, a EMA e o INEM referiram que "não se verifica no momento qualquer atraso no desenvolvimento do concurso que ponha em causa a disponibilização de meios aéreos" para operarem na época de incêndios deste ano.

EMA e INEM, que reagiram a notícias da Comunicação Social, assinalaram que "nunca este procedimento" de adjudicação de 25 helicópteros "esteve tão adiantado como no ano de 2013".