Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Eletricidade de Moçambique aposta em segunda linha de energia até Cahora Bassa

Lusa

  • 333

Maputo, 14 mar (Lusa) - A Eletricidade de Moçambique (EDM) pretende construir uma segunda linha de energia até à Hidroelétrica de Cahora Bassa, para responder às necessidades energéticas na zona norte, onde há descoberta de gás natural.

A linha, de cerca de 800 quilómetros, vai partir de Caia, na província de Sofala, até Nacala, em Nampula, tendo um custo estimado de 500 milhões de dólares (384,4 milhões de euros), disse à agência Lusa o administrador para a área de produção, transporte, telecomunicações e operador do mercado da empresa EDM, Adriano Jonas.

Falando à margem da Conferência Internacional sobre o Gás, em Maputo, onde apresentou os desafios da EDM face às descobertas do gás no país, o responsável afirmou que a fase técnica do estabelecimento do projeto deverá avançar a partir de 2014.