Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Eleições presidenciais norte-americanas foram as mais caras da história

Lusa

  • 333

Washington, 08 dez (Lusa) -- As eleições presidenciais norte-americanas deste ano foram as mais caras da história e totalizaram uma despesa de mais de 2.000 milhões de dólares (1.547 milhões de euros), uma soma concentrada especialmente nas últimas semanas de campanha.

Segundo os dados apresentados sexta-feira pela Comissão Federal Eleitoral, os dados das despesas e receitas do presidente Barack Obama e do republicano Mitt Romney nas últimas três semanas antes de 06 de novembro cresceram fortemente, nomeadamente nas doações.

Barack Obama, o Comité Nacional Democrata e o Partido Democrata receberam mais de 1.140 milhões de dólares (882 milhões de euros), especialmente dos pequenos doadores, enquanto que Romney superou os mil milhões de dólares (773,5 milhões de euros) através, essencialmente, das grandes fortunas norte-americanas.