Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Egito: Irmandade Muçulmana apela a manifestações contra alegado massacre

Lusa

  • 333

Cairo, 14 ago (Lusa) -- A Irmandade Muçulmana apelou hoje aos egípcios a saírem à rua para "pararem o massacre" depois de a polícia ter lançado uma operação contra os dois acampamentos de protesto dos apoiantes do Presidente islamita deposto no Cairo.

"Não é uma tentativa de dispersão, mas uma tentativa de esmagar de forma sangrenta qualquer voz que se opõe ao golpe de Estado militar. Rabaa apela aos egípcios para saírem à rua para pararem o massacre", disse o porta-voz da Irmandade Muçulmana Gehad el-Haddad numa mensagem divulgada no Twitter.

Pelo menos 17 manifestantes foram mortos no arranque da operação de dispersão levada a cabo pela polícia egípcia no Cairo, segundo um jornalista da AFP no local, e dois polícias também foram mortos, segundo informou o Ministério do Interior egípcio.