Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Egito: Exército dá 48 horas para resolver crise

Lusa

  • 333

Cairo, 01 jul (Lusa) -- O exército egípcio avisou hoje que irá intervir se as exigências do povo não forem atendidas dentro das próximas 48 horas, numa altura em que o Egito é abalado por uma forte contestação contra o Presidente Mohamed Morsi.

Numa mensagem lida na televisão estatal, o exército "reiterou o seu pedido para que as exigências do povo sejam atendidas" e "deu [a todas as partes] 48 horas, como a última oportunidade para assumirem as suas responsabilidades face às circunstâncias históricas que o país enfrenta".

"Se as reivindicações do povo não forem satisfeitas durante este período, [as forças armadas] irão anunciar um roteiro de ação e medidas para supervisionar a sua aplicação", indicaram os militares na mesma declaração.