Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Egito: Ban Ki-moon "alarmado" com uso excessivo da força

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 19 ago (Lusa) -- O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, disse hoje estar "alarmado" com a violência no Egito, condenou o uso excessivo da força por parte das autoridades e pediu a todos os setores a "máxima contenção".

"Estou alarmado com a eclosão destes protestos violentos e com o uso excessivo da força. Condeno com firmeza os ataques contra igrejas, hospitais e outros edifícios públicos", disse Ban Ki-moon, numa conferência de imprensa, na sede das Nações Unidas.

Ban Ki-moon aproveitou também para pedir a libertação do Presidente egípcio deposto Mohamed Morsi e que se amplie o espaço político à Irmandade Muçulmana, ao mesmo tempo que ofereceu apoio para resolver a crise com a visita que começa terça-feira ao Cairo do chefe dos assuntos políticos da ONU, Jeffrey Feltman.