Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Educação: Universidade do Porto corta em docentes, disciplinas e novas obras, com cortes de 9,1 MEuro no OE

Lusa

  • 333

Porto, 03 nov (Lusa) -- A redução de professores convidados e de disciplinas optativas, o cancelamento de novas obras e o desinvestimento na manutenção de edifícios são medidas que a Universidade do Porto levará a cabo com corte estatal de 9,1 milhões de euros.

A Universidade do Porto (UP) vai receber em 2013 menos 9,1 milhões de euros do Estado, um "rombo inimaginável" e "surpreendente" que compromete o normal funcionamento da maior universidade portuguesa, admitiu à Lusa o reitor, Marques dos Santos.

"Vamos lutar para que não se concretize este corte", afirmou à agência Lusa o reitor, afirmando que foi "surpreendido" com o corte real de 9,1 milhões de euros para a UP e que não foi "sério" da parte do Governo, a universidade ter tido conhecimento daquela redução através do documento do Orçamento do Estado sem ter havido diálogo.